A massagem é uma técnica terapêutica milenar, que tem por finalidade promover a saúde física e mental. Possui benefícios fisiológicos, psicológicos e estéticos. Quando aplicada de forma adequada pode diminuir a dor, melhorar a circulação, o aspecto da celulite, promover o relaxamento muscular, aumentar a autoestima, aliviar o estresse e a ansiedade.

A massagem modeladora é uma massagem feita com movimentos mais fortes e profundos, com o intuito de atingir camadas mais profundas da pele. Conhecida como modeladora ou redutora,  essa técnica aumenta a circulação sanguínea e o metabolismo local, estimulando respostas neuromusculares e auxiliando no processo de redução de medidas. Dessa forma, ela acaba sendo eficiente contra a celulite, mas apenas nos graus leve e moderada. Podem ser usados acessórios para aumentar a intensidade da massagem como: rolos com pequenas ventosas, bolinhas com texturas, luvas com texturas, entre outros. Sua ação no tecido adiposo ainda não é totalmente conhecida e se tornou um assunto muito controverso no meio estético.

Alguns autores e estudiosos acreditam que não há efeito lipolítico, ou seja, que não ocorre a decomposição da gordura sobre o tecido adiposo. Entretanto, outros afirmam que quando a técnica é associada à uma dieta equilibrada e atividade física, a redução das medidas é notória. Logo, é um mito afirmar que a massagem modeladora por si só gera a decomposição da gordura e a consequente diminuição do tecido adiposo. Porém, a mesma pode contribuir para o processo de emagrecimento, já que melhora a aparência da pele e dos seus contornos e estimula as funções viscerais.

Outro grande erro é achar que massagem modeladora e drenagem linfática são a mesma coisa. As duas são terapias manuais, mas que possuem técnicas e objetivos diferentes. A drenagem linfática manual (DLM) estimula o perfeito funcionamento do sistema linfático corporal, diminuindo a retenção de líquidos e eliminando toxinas. A massagem modeladora também pode favorecer o bom funcionamento dos linfonodos e a eliminação de resíduos, porém é realizada com movimentos mais firmes e ritmados e atua diretamente nas áreas que possuem maior acúmulo de gordura.

Por mais que os movimentos realizados sejam firmes, a pressão deve ser moderada e respeitar a sensibilidade do paciente. A massagem modeladora pode causar um desconforto, mas nunca dor. A presença da dor significa que foi aplicada uma pressão além da necessária.

Outro sinal de que a técnica não teve a intensidade correta durante sua aplicação é o aparecimento de hematomas, que surgem devido a ruptura de vasos sanguíneos e extravasamento de sangue.

Como em qualquer outro tratamento é importantíssimo procurar um profissional capacitado, que domine a teoria e prática da técnica, além de saber avaliar se a mesma é a mais indicada para que sejam atingidos os objetivos terapêuticos.

A massagem modeladora não elimina totalmente a celulite, mas melhora bastante o aspecto quando o grau é leve ou moderado, devido ao aumento da circulação e do metabolismo da área trabalhada.

A pergunta que não quer calaré: quantas sessões são necessárias? A quantidade depende de cada paciente e da resposta fisiológica de cada um. Mesmo quando falamos de um mesmo objetivo, como a perda de medidas, é necessária uma avaliação individual para que se possa determinar o número de sessões. Porém, é importante ressaltar que para a manutenção dos resultados, deve-se realizar o tratamento de forma contínua.

Como ocorre um aumento da circulação local, a pressão arterial pode se elevar. Então, o tratamento não é indicado para pessoas com hipertensão arterial não controlada. Além disso, como a massagem exige o uso de movimentos vigorosos, ela é contraindicada em casos de lesões epiteliais na área tratada, osteoporose, gravidez e fragilidade capilar. Pessoas com febre também devem evitar, pois o procedimento eleva ainda mais a temperatura. Varizes e fragilidade capilar também são contra indicadas pelos movimentos vigorosos que podem romper os vasinhos (que causará hematomas) e em casos mais graves de varizes, um vaso mais calibroso pode ser prejudicado.

O ideal é tentar deixar os cremes usados na massagem na pele por até duas horas, para que eles possam agir por mais tempo e trazer benefícios para a pele. Realizar uma atividade física aeróbica nesse período é uma ótima pedida para potencializar os benefícios da massagem.

E você? Conhece esse tratamento? Já passou por alguma experiência com ele? Se sim, deixe sua mensagem aqui no blog e ajude outras pessoas!

Confira nosso Guia de Saúde: